Archive for Inovação

“Ruby on Rails” – XV Jornada de Cursos

Com o objetivo de tirar dúvidas e motivar a utilização de cada curso que estamos promovendo, começa hoje a Semana Especial da Jornada  de Cursos CITi. Confiram hoje o nosso primeiro post: o curso de Ruby on Rails.

O que é o Ruby on Rails?

Ruby on Rails é um meta-framework, ou seja, é a junção de cinco frameworks escrito na linguagem de programação Ruby. Além de ser gratuito e de código aberto ele promete revolucionar o mundo de desenvolvimento web, principalmente sites  voltados a banco de dados(database-driven web sites). Visa a facilidade de criação e diminuição do tempo de desenvolvimento, aumentando assim a produtividade e eficiência. Para isso o RoR(Ruby on Rails) segue dois conceitos o DRY (Don´t Repeat Yourself, Não se repita) e Convention over Configuration(Convenção sobre a Configuração) .

O DRY é o conceito por trás da técnica de definir nomes, propriedades e códigos em somente um lugar e reaproveitar essas informações em outros. Já o Convention over Configuration, como o próprio nome diz, estabelece valores padrão onde exite uma convenção. O progamador pode sobrescrever esses padrões se assim preferir. Em geral esse conceito facilita o entendimento e a manutenção desses sites.

Aqui você pode ter maiores informações sobre os 5 frameworks.

Quem usa o Ruby on Rails?

Apesar de ser uma linguagem muito nova no mercado e lançada pela primeira vez em julho de 2004 por David Heinemeier Hansson. Ela está entre as linguagens que mais crescem atualmente. Dezenas de centenas de aplicações Rails já estão rodando em todo o mundo. Pessoas estão utilizando o Rails em diversas situações, desde pequena operações pequenas até gigantes corporações. Nada mais nada menos que o Twitter utiliza essa linguagem, veja apenas algumas aplicações no mercado.

Aplicações Brasileiras:

BlogBlogs: Indexação, ranking e busca de blogs brasileiros.

Pagestacker: Sua memória na Internet.

Mailee: Finalmente, email marketing 2.0.

Treina Tom: Transmissão de eventos on-line.

Aplicações Estrangeiras:

Twitter: Fique conectado com seus amigos.

Basecamp: Gerenciamento de projetos.

Campfire: Salas de reunião para negócios.

Kongregate: O “YouTube dos games”.

SlideShare: Compartilhe apresentações PPT.

Depoimentos sobre Ruby on Rails

“Antes do Ruby on Rails, programação web necessitava de muitos passos e tempo. Agora, web designers e engenheiros de software podem desenvolver um website de maneira mais rápida e simples, permitindo que eles sejam mais produtivos e efetivos em seu trabalho”
-Bruce Perens, criador do termo “open source”

“O que diferencia este framework de todos os outros é a preferência por convenção ao invés de configuração para tornar as aplicações mais fáceis de desenvolver e compreender.”
-Sam Ruby, funcionário da IBM e diretor da Apache Software Foundation

“Ruby on Rails é incrível por estar diminuindo as barreiras para entrar no mundo da programação. Aplicações web poderosas que geralmente demoram semanas ou meses para serem desenvolvidas agora necessitam somente de uma questão de dias.”
-Tim O’Reilly, fundador da O’Reilly

“Rails é o framework de desenvolvimento web mais bem bolado que eu já utilizei. E já faz mais de uma década que faço aplicações web para sobreviver. Eu construí meus próprios frameworks, ajudei a desenvolver a API Servlet, e criei muito mais que alguns poucos servidores web. Ninguém fez nada como o Rails antes.”
-James Duncan Davidson, criador do Tomcat e do Ant.

Anúncios

Leave a comment »

WIn -Workshop de Inovação

Pessoal,

Bem-vindos ao I Workshop de Inovação CIn: http://www.cin.ufpe.br/~win/

Workshop de Inovação (WIn) é um evento que objetiva promover a disseminação da cultura de inovação e do empreendedorismo. Para isso, diferentes formas de interação são propostas – palestras, mesas-redondas, apresentações de disciplinas, rodadas de negócios e encontros livres –  para que as pessoas interessadas em empreender encontrem-se e construam mútuas oportunidades.

O WIn é uma construção colegiada de todos os segmentos que compõem o Centro de Informática da UFPE. Desejamos que este evento consiga atrair todos os atores que, juntos, podem criar novos empreendimentos ou gerar novos produtos, a saber: investidores, pesquisadores, empresários, agentes financeiros, governo, artistas. Nossa visão, portanto, é que a partir da diversidade de pensamentos e da confluência de ideias, possamos promover o surgimento de boas oportunidade de crescimento econômico para todo o Brasil e, especialmente, para a nossa região Nordeste.

Este ano contamos com a apresentação dos trabalhos de quatro disciplinas, três mesas redondas, duas palestras (sendo uma delas de diretoria de inovação da Coca Cola), uma oficina e espaço para Barcamp (conferências informais).

Sejam bem-vindos e participem à vontade. A presença de vocês pode ser o início de uma grande ideia!

Leave a comment »

Como criar novas idéias?

“Padrões para introduzir novas idéias na Indústria de Software”

Defesa de dissertação de mestrado em Ciência da Computação (IME-USP).

Leave a comment »

Steve Jobs: CEO da década

Recentemente a revista Fortune elegeu o executivo Steve Jobs, da Apple, como CEO da década. Veja no vídeo abaixo um discurso realizado por Steve Jobs em Stanford. No vídeo, Jobs fala um pouco sobre a sua decisão de deixar a faculdade, de como a sua demissão da Apple foi importante para ele inovar novamente e finalmente como sobreviveu a um câncer de pâncreas.

Parte 1

Parte 2

Comments (3) »

Faça Diferente!

Sem títuloVivemos em um mundo dinâmico, plano, integrado, por isso o risco de uma empresa perder o bonde é muito grande. Se palavras como mudar e inovar não fizerem parte do café da manhã, do almoço e da jantar das empresas, as coisas podem complicar em um piscar de olhos. O SEBRAE sabe disso, e está preocupado em levar a “cultura da inovação” para os empresários brasileiros. Inicia em 2009 um “movimento pela inovação” por meio de campanha nacional, que desmistifica o tema e mostra que inovar pode ser um diferencial para o sucesso de uma empresa.

A campanha foi batizada de Faça Diferente, e sua meta é levar conhecimento para ampliar a sustentabilidade, a competitividade e contribuir para o crescimento dos pequenos negócios. Para alcançar este o objetivo, o SEBRAE mobilizou sua equipe e planejou várias ações em prol da inovação, que incluem programa de rádio, blog, vídeos, workshops, cursos presenciais e virtuais. Além disso, foram criadas peças publicitárias para veiculação em TVs aberta e a cabo, revistas, sites e publicações internas.

A série de rádio tem 120 programas de três minutos cada, veiculados de segunda-feira a sexta-feira, em emissoras de todo o Brasil. Cada episódio apresenta ao pequeno empresário oportunidades de como inovar, sair da mesmice e melhorar os resultados do negócio. Os primeiros 80 programas relatam casos de empreendedores que inovaram e tiveram sucesso. Os outros 40 respondem às perguntas dos ouvintes.

Na internet, os empresários podem acessar este blog, ouvir podcasts, ver videocasts, participar de chats e ler artigos sobre a temática. Todas estas ferramentas ajudam a você pequeno empresário a interagir com o SEBRAE. Participe!

Já os workshops são itinerantes, e estão programadas 150 palestras em diferentes cidades brasileiras. Mais informações na página da inovação do portal SEBRAE. Confira!

Movimento pela inovação
A iniciativa surgiu após uma pesquisa mostrar a percepção negativa que o pequeno empresário tem sobre a inovação. Muitos acreditam que a inovação é algo distante da sua realidade ou muito caro. Outros acham que inovar é algo desnecessário para o negócio ou muito arriscado ou ainda tinham dúvida se era a hora.

É justamente para mudar esta mentalidade que o projeto Faça Diferente foi idealizado. Por meio da campanha, o SEBRAE mostra o que é e como se faz inovação: para inovar é importante que o empresário acabe com os preconceitos; ser receptivo a novas ideias; ouvir as oportunidades do mercado; e fazer diferente para alcançar melhores resultados.

Faça Diferente, você também, inovar é um bom negócio!

http://www.facadiferente.sebrae.com.br/faca-diferente/

Leave a comment »

O DECLÍNIO DA CRIATIVIDADE

“Desde o momento em que ensaiamos nossos primeiros passos, tem início um sutil e inconsciente movimento de inibição de nossa criatividade natural. Primeiro em casa, depois na escola e no trabalho, somos instados a andar em terreno já conhecido, seguir a tradição e não “fazer marolas”.

Este processo tem seu lado positivo, pois a vida em sociedade requer a observação de certas regras e costumes. No entanto, traz um efeito secundário pernicioso: o lento, mas inexorável, bloqueio de nossa curiosidade, imaginação e engenhosidade.”

Texto na íntegra: http://criatividadeaplicada.com/

Leave a comment »

Estimule a criatividade de sua equipe

A cultura inovadora entre os funcionários melhora processos, produtos e serviços

Por Fernanda Tambelini
0,,21180898,00Inovação é tema recorrente em bate-papos sobre empreendedorismo. Poucos discordam da necessidade de encontrar meios que agreguem valor ao negócio para se manter no mercado. Mas também são poucos os que encontram o caminho para ter um ambiente realmente criativo. Especialistas do mundo todo afirmam que é preciso estimular a cultura inovadora entre os funcionários. Só assim é possível aplicar melhorias em processos, produtos ou serviços.

Algumas atitudes simples podem solucionar o problema. Confira.

Instigue toda a equipe: o primeiro passo é não departamentalizar o tema. Lembre aos funcionários que a tarefa é de todos e sempre recompense quem der sugestões com aplicações práticas. Crie metas de inovação e dedique parte das horas de trabalho à busca de novidades. Em todos os casos jamais despreze quem fizer sugestões não aplicáveis.

Entenda as oportunidades: cada empresa tem as suas brechas para a inovação. Avalie se a sua oportunidade está na experiência do cliente com os produtos ou serviços, nos processos produtivos ou no próprio modelo de negócio. Analise também qual a direção estratégica da sua empresa e oriente a criatividade dos funcionários para o mesmo caminho.

Use ferramentas: a empresa deve ter mecanismos para capturar as ideias de seus colaboradores e oferecer espaços para eles trocarem suas observações e experiências. Dedicar meia hora no início de cada reunião para o tema e fazer um quadro para acompanhar o andamento dos projetos funciona. Cafés da manhã e happy hours especiais são outra estratégia para estimular a troca de informações entre os diferentes departamentos.

Dê feedback: os funcionários só levam o sistema a sério se a liderança da empresa mostrar isso. Analise a viabilidade de todas as sugestões recebidas e sempre dê um retorno ao autor. Para as viáveis, mantenha a equipe informada sobre o andamento do projeto e fique aberto para receber novos comentários em todas as etapas do desenvolvimento.

Execute: após analisar cada uma das sugestões recebidas e escolher quais serão levadas adiante, é preciso executá-las. Forme grupos preparados e comprometidos com a tarefa e cobre disciplina. Se tudo der certo, recompense a equipe e comemore as conquistas.

Fonte: Pequenas Empresas, Grandes Negócios

Leave a comment »